sexta-feira, 14 de setembro de 2012

ALGUNS SÍMBOLOS DO ESPÍRITO SANTO

ÁGUA - A água é uma figura do Espírito Santo. Ele opera na vida do nascido de novo produzindo regeneração da alma, do corpo e do espírito. "O mesmo Deus da paz vos santifique em tudo; e o vosso espírito, alma e corpo sejam conservados íntegros e irrepreensíveis na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo". (1 Tess. 5:23 ). Deus, pelo seu Espírito nos santifica. "Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor" (Hebreus 12:14). Mateus 5:8 diz: "Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus". A operação miraculosa do Espírito Santo na vida do crente produz o lavar regenerador e renovador. "Não por obras de justiça praticadas por nós, mas segundo sua misericórdia, ele nos salvou mediante o lavar regenerador e renovador do Espírito Santo " (Tito 3: 5). Muitas pessoas querem se aproximar de Jesus, quando estão oprimidas, perdidas, cheias de pecados, doentes, cansadas, quando estão necessitando de perdão, de limpeza, de purificação, de renovação, necessitam "nascer de novo", necessitam também da Palavra de Deus e do Espírito Santo Em João 15:3 está escrito: "Vós já estais limpos, pela palavra que vos tenho falado". O Senhor Jesus usou outra figura do Espírito Santo como sendo: "Rios de água viva". (João 7: 37-39). Em nossa vida cotidiana necessitamos de água para beber, cozinhar, lavar, limpar, higienizar. Não podemos de forma alguma viver sem a água, esse líquido tão precioso. Na vida espiritual, necessitamos do Espírito Santo, do contrário não teríamos vida espiritual abundante, seríamos sedentos, murchos, impuros, degenerados, sujos. Mas, graças a Deus Ele nos deu da água viva, o seu Espírito Santo. Bebamos sempre desta água pura e cristalina procedente de Deus, nosso Pai. Vivamos inundados nesta água.

VENTO - Outro símbolo do Espírito Santo é o vento. "O vento assopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito." (João 3:8). O sopro do Espírito Santo em nossas vidas está indicando a direção traçada por Deus a nosso favor, em uma rota onde a calmaria nos aguarda. Como símbolo de vento, o Espírito Santo indica que quer nos conduzir a uma vida de santidade, de poder, de moderação. Se deixarmos que o Espírito Santo nos conduza sempre que vier uma tempestade sobre nós, Ele fará com que voemos como as águias, por cima dela. "Mas os que esperam no Senhor renovarão as suas forças e subirão com asas como águias; correrão e não se cansarão; caminharão e não se fatigarão". (Isaias 40:31). Pois Ele é como vento, sopra onde quer, como quer, quando quer.

FOGO — Outra figura, ou símbolo do Espírito Santo. "E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles. (Atos 2-3). As manifestações de Deus muitas vezes se faziam acompanhar pelo fogo. "E apascentava Moisés o rebanho de Jetro, seu sogro, sacerdote em Midiã; e levou o rebanho atrás do deserto e veio ao monte de Deus, a Horebe. E apareceu-lhe o Anjo do Senhor em uma chama de fogo, no meio de uma sarça; e olhou, e eis que a sarça ardia no fogo, e a sarça não se consumia" (Êxodo 3: 1-2). "E o Senhor ia adiante deles, de dia numa coluna de nuvem, para os guiar pelo caminho, e de noite numa coluna de fogo, para os alumiar, para que caminhassem de dia e de noite. Nunca tirou de diante da face do povo a coluna de nuvem, de dia, nem a coluna de fogo, de noite" (Êxodo 13: 21-22). "E todo o monte Sinai fumegava, porque o Senhor descera sobre ele em fogo: e a sua fumaça subia como fumaça de um forno, e todo o monte tremia grandemente" (Êxodo 19:18). O fogo representa tanto a presença de Deus, como Sua glória (Ezequiel 1: 4 ao 13); sua santidade (Deuteronômio 4:24); sua ira (Isaías 66: 15 e 16); seus juízos (Zacarias 13:9); sua proteção e finalmente o seu Espírito Santo (Atos 2:3). No Velho Testamento a ordem de Deus era conservar o "fogo" aceso, não se podia apagá-lo. O fogo arderá continuamente sobre o altar; não se apagará" (Levítico 6:13). Esse fogo simbolizava um sinal da presença de Deus no meio do Seu povo. No Novo Testamento, a ordem é a mesma. Todo crente nascido de novo, regenerado, transformado, nova criatura é, santuário do Espírito Santo é, templo de Deus. "Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? (I Coríntios 3:16). A chama pentecostal não pode ser apagada de dentro do crente. O poder do Espírito Santo deve arder em nossos corações constantemente. Se sentirmos que a chama está se apagando e fumegando, devemos deixar o Espírito assoprar para que acenda novamente. Isto se consegue com orações fervorosas, no poder do Espírito. "A cana trilhada não quebrará, nem apagará o pavio que fumega; com verdade trará justiça". (Isaias 42-3)

ÓLEO - É outro símbolo ou figura do Espírito Santo. No mundo o óleo é usado como lubrificante em máquinas, fazendo com que as mesmas funcionem sem dificuldades. Quando as máquinas estão sem óleo elas emperram e enferrujam. O crente sem o óleo do Espírito Santo é crente enferrujado, emperrado, endurecido nas juntas e medulas, tem dificuldade para andar no Espírito, viver no Espírito, trabalhar no Espírito, e na carreira que lhe foi proposta. O azeite precisa descer sobre ele. O vaso não pode ficar emborcado, os dons não podem ser enterrados, o Evangelho da Salvação não pode ficar sem ser anunciado, e isto somente se consegue na unção do Espírito Santo, na capacitação do Espírito Santo, pois é o Espírito Santo que convence do pecado, da justiça e do juízo." E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça, e do juízo: do pecado, porque não crêem em mim; da justiça, porque vou para meu Pai, e não me vereis mais; e do juízo, porque já o príncipe deste mundo está julgado". (João 16: 8 ao 11). Quem lê as Escrituras sabe que o azeite era utilizado para ungir e consagrar pessoas especiais como reis, sacerdotes e profetas (1 Samuel 10:1); (1 Samuel 16:13); (1 Reis 19:16); (Levítico 8:30). O Tabernáculo e seus móveis eram ungidos (Êxodo 30:22-33); a unção dos escolhidos de Deus só podia ser feita com azeite especial (Êxodo 30:31) chamado de : "Azeite da Santa Unção". No Salmo 92 10, é chamado de "Óleo Fresco". No Salmo 133:2, é chamado de "Óleo Precioso". No Salmo 45:7, é chamado de "Óleo de Alegria". O óleo simboliza o Espírito Santo como: "Unção Real Especial para os salvos em Cristo Jesus".

UNÇÃO — É outra figura ou símbolo do Espírito Santo. "E vós tendes a unção do Santo e sabeis tudo. E a unção, que vós recebestes dele, fica em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas como a sua unção vos ensina todas as coisas, e é verdadeira, e não é mentira, corno ela vos ensinou, assim nele permanecereis". (I João 2:20-27). Todo crente deve examinar as Escrituras. É um erro grave não conhecê-las e não conhecer o poder de Deus (Mateus 22:29). O Pai fornece todas as provisões necessárias para os seus filhos; sua Palavra é o manual para o aprendizado, e o seu Espírito Santo é o professor. O poder do Espírito Santo, que em nós habita, é a força para qualquer tarefa. No poder do Espírito Santo, o crente é audacioso e espontâneo porque vive em novidade de vida que envolve fé, obediência e trabalho. O mesmo Espírito Santo que ungiu o Senhor Jesus é o mesmo que nos unge e capacita para o Ministério.

PENHOR E SELO — Penhor significa pagamento, garantia, depósito. Selo significa estampa, marca. Estes dois símbolos do Espírito Santo têm algo em comum. "Em quem também vós estais, depois que ouvistes, a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa; o qual é o penhor da nossa herança, para redenção da possessão de Deus, para louvor da sua glória". (Efésios 1:13-14). A ocasião da selagem coincide com a ocasião da fé. Ouvimos o evangelho e cremos nele. Neste ato de fé espontânea somos imediatamente selados com o Espírito Santo. Este selo é divino, e para o novo convertido a garantia da segurança da salvação. Indica também que passamos a ser propriedade de Jesus que nos comprou na cruz e agora carregamos sua marca: "o Selo do Espírito Santo". Além de sermos comprados por Jesus, somos selados com o selo de Deus e estamos guardados para o dia da Redenção, pela vontade Dele.

POMBA — Outro símbolo ou figura do Espírito Santo. "E João testificou, dizendo: Eu vi o Espírito descer do céu como uma pomba e repousar sobre ele". (João 1:32). "E, sendo Jesus batizado, saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba e vindo sobre ele E eis que uma voz dos céus dizia- Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo". (Mateus 3:16-17). Esta é a primeira expressão clara do conceito da Trindade. A descida do Espírito Santo sobre Jesus visava um poder especial para o início de Seu Ministério.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário